terça-feira, 11 de outubro de 2011

O MEU PAÍS ESTÀ DOENTE!

 
 
O meu país está doente
Anda ferido de morte
Cuidar dele é tão urgente
Já não sei da sua sorte.

Com secura na garganta,
Pouco lhe corre nas veias,
Até ao mar de água tanta
Onde já vomitou cheias.

O corpo negro, queimado
Mas quem socorro lhe presta?
Está a perder o penteado
Do verde da floresta.

Está doente e mirrado;
Deus queira que fique bom!
Anda tão desidratado,
Tão poucos lhe dão a mão.

A custo vai respirando
Ainda dói ver sofrer!
Está doente e piorando,
O meu país está a morrer.

José Faria

Sem comentários:

Enviar um comentário