sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

CONFORMISMO SOCIAL




O conformismo tão exacerbado
É teimosia constante e presente,
Num país comido e tão sugado,
Por tanta mentira ao eleitorado.
Que o povo enganado ainda consente.

Ficam promessas sempre de lado,
O mais necessário sempre ausente,
E este progresso adulterado,
Arrasta o povo sempre enganado
Que espera seu voto seja semente.

E o sistema de mentira, continuado,
Contamina o povo, e toda gente,
Anda tão longe de ser acordado,
Traz o estômago alienado
Que lhe congestiona a sua mente.

Homem livre, verdadeiro e ousado,
Conspurcar seu pensamento não consente;
Por muito que o tentem controlado,
Ser dono de si é seu agrado,
Porque é célula do mundo existente.

José Faria

Sem comentários:

Enviar um comentário