sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

O ONTEM ESTÁ PRESENTE














O ontem está presente, não desiste,
Acompanha-me na vida até à morte;
Desde que tu minha mãe me pariste,
É presença em meu azar e minha sorte.

É história desta vida que resiste,
Esse ontem tão fraco e tão forte;
Que o saber e viver em mim insiste,
E não quer perder o rumo Norte.

Até o ensinamento que investiste,
Nos rebentos, a tua descendência;
Foram tantos que na luta te feriste,
 
Sou de ontem, sou sobrevivência,
Sou a força materna que resiste,
E no futuro manterá tua presença.

José Faria
Abril/06

Sem comentários:

Enviar um comentário