sábado, 4 de outubro de 2014

CONTA-NOS OUTONO


OUTONO

Oh!
Este Outono!...
Repleto de histórias,
Este Outono
Inundados de saberes
E de memórias;

Continuas a ser dono
De experiências e glórias?

Vã!
Desabrocha tua graça,
Ao novo tempo que passa.

Como foram as Primaveras
Que vivestes e percorreste?
Esta vida ainda não esqueceu
Este Outono não esqueceu
Esse tempo que foi seu.

Conta-nos Outono,
Como outrora se viveu:
Quando eras Primavera
E o Verão era só teu;
Não deixes ver-se perder,
O que só tu tens para oferecer.

Dá testemunho à tua gente!
Ainda a luz terás que ser
Da Primavera presente.

José Faria