sexta-feira, 3 de novembro de 2017

A CHUVA CHEGOU





Ai que boa, tão sagrada;
A chuva sempre voltou,
Há tanto tempo esperada,
Que tanto desesperou.

À terra seca e queimada,
Graças a Deus que chegou,
Esta água abençoada,
Que o povo tanto esperou.

No Outono tudo pega,
Voltará tudo a nascer,
Por entre as cinzas do monte,

No porvir irá crescer
Por muitos caminhos de rega
Porque toda a vida é fonte.
José Faria


Sem comentários:

Enviar um comentário