EM SÃO MIGUEL O ANJO

terça-feira, 9 de março de 2021

O COMBOIO PASSA NA MINHA TERRA


O COMBOIO PASSA

NA MINHA TERRA

 

O comboio passa

Na minha terra,

Vem sempre cansado,

Carregado de vagões;

 

Por linha plana

Que não há serra,

Também serpenteia,

Vem e vai para Leixões.

 

Com canseira e pressa

A cortar caminhos;

Passa o rio Leça,

Mesmo ao lado dos moinhos.

 

Por Pedrouços passa,

Sempre em canseira;

Com trabalho e graça,

Vai para Leça da Palmeira.

 

O comboio passa

Carregado de vagões,

Com trabalho e graça,

Vai e vem para Leixões

 

O comboio passa

Na minha terra,

Vem sempre cansado,

Carregado de vagões;

José Faria

 

 

 


Sem comentários:

Enviar um comentário