EM SÃO MIGUEL O ANJO

segunda-feira, 7 de junho de 2021

Vila Nova da Telha - A LENDA


LENDA DE VILA NOVA DA TELHA

Reza a história e a lenda,
Que certo dia num pinhal:
Vila Nova ainda se lembra,
De um milagre sem igual.
 
Andava a mulher no monte,
Às pinhas para vender;
Que era sua única fonte,
Para poder sobreviver.
 
Viúva e com três crianças,
E em constante correria;
Entregava as esperanças,
Nas pinhas que conseguia.
 
Quando andava nessa apanha,
Muito assombrada ficou,
Ao ouvir uma voz estranha,
Que misteriosa lhe falou:
 
“Há mais abaixo a floresta,
Que te dá mais rendimento;
A pinha daqui não presta,
E não garante teu sustento”.
 
Júlia ficou assustada,
E ergueu-se prontamente;
À sua volta não viu nada,
Não havia ali mais gente.
 
Mesmo assim obedeceu,
E foi onde há mais pinheiro;
Depressa o seu saco encheu,
Que lhe dará mais dinheiro,
 
Quando cansada chegou,
À sua humilde habitação,
Logo que o saco pousou,
Foi grande a admiração.
 
Quando o saco foi abrir,
Com as suas criancinhas;
Pasmou ao ver reluzir,
Brilhavam de ouro de três pinhas

José Faria

Sem comentários:

Enviar um comentário