terça-feira, 18 de outubro de 2016






CORRIDA DO LEÇA                      

Rio Leça cresce e anda.
Contente e cheio de vida;
Corre aqui, ali abranda,
Lança-se numa corrida.

No seu caminho é quem manda,
E encontra sempre saída;
Ai o rio Leça anda,
Atarefado na lida.

No monte se iniciou,
Do Córdova foi nascendo,
Por entre populações.

E já cansado chegou,
Onde se envolve perecendo,
No mar de Leça e Leixões.


José Faria